Engenharia Natural


A AVAL VERDE especializou-se na execução de técnicas de Engenharia Natural. Temos no nosso quadro um técnico responsável com formação em Engenharia natural, que supervisiona a aplicação das técnicas.

A Engenharia Natural compreende um conjunto de técnicas e práticas que utilizam plantas, preferencialmente autóctones, como elemento do processo construtivo, juntamente ou não com outros materiais (e.x. pedra, madeira, palha, entre outros), no domínio do restabelecimento ambiental.

A Engenharia Natural apresenta um conjunto de técnicas de baixo impacto ambiental para solucionar e/ou mitigar processos erosivos, as quais, de uma forma natural, irão contribuir para solucionar problemas de controlo de erosão, estabilização de solos, taludes e margens fluivais, bem como o restauro ecológico e requalificação paisagística, através da comunicação de materiais construtivos vivos e inertes.

Áreas de intervenção

As áreas de intervenção onde podem ser aplicadas as técnicas de engenharia natural são:

  • Vias de comunicação;
  • Linhas de água;
  • Condutas enterradas;
  • Áreas ardidas;
  • Muros de suporte ecológicos;
  • Aterros sanitários;
  • Áreas urbanas;
  • Controlo de sedimentação;
  • Sistemas dunares;
  • Taludes;
  • Lagos e outros reservatórios;
  • Áreas extractivas.

Tipologias de Intervenção de Engenharia Natural

As tipologias de intervenções de Engenharia Natural mais frequente são:

  • Sementeira;
  • Hidrossementeira;
  • Estacaria viva;
  • Fascina viva;
  • Entrançados vivos;
  • Esteira de ramagem;
  • Leito de vegetação;
  • Muros de suporte vivo;
  • Gabiões vivos;
  • Grade viva;
  • Geotexteis e geomalhas vivas;
  • Biorolos;
  • Barragem de correcção torrencial;
  • Enrocamento vivo;
  • Barreiras de contenção de solo.